Jan 27th: March against War (Washington DC)

What have we done this year?…

Author: guerson

Born and raised in Brazil, a Canadian stole my heart and took me to Canada in 1999. After seven years between Montreal and Toronto, we then moved to Barcelona, Spain, where I did research for my PhD thesis. This blog began as a chronicle of our adventures while living in Barcelona and exploring the old world and has acquired a life of its own after we moved back to Canada.

4 thoughts on “Jan 27th: March against War (Washington DC)”

  1. Sinceramente, eu não entendo a sua lógica. No Brasil é ruim, é inseguro e aqui não? Aqui você se sente segura, por quê? Qual a diferença? Eu não entendo essa sua “banalização do mal” aqui na Espanha utilizando um termo da Hanna Arendt. O ETA não matou muitas pessoas hoje, mas já matou milhares em toda a sua história terrorista e das formas mais cruéis. Eu estava aqui no 11 M e você ainda não, talvez por isso nao entenda o que é ver pessoas que iam trabalhar ( quase 200, fora as centenas de feridos graves) num dia de sua rotina normal e morrerem porque um grupo de pessoas decidiram que iam morrer naquele dia. A morte organizada. Dá uma olhadinha nesse link:

    http://www.elmundo.es/documentos/2004/03/espana/atentados11m/

    A Espanha tem 2500 anos, já matou em guerras civis e mundiais um número incontável de pessoas, continua matando por seus problemas de ultra- nacionalismo facistas, nazistas que cada vez se espalham mais. O Brasil tem só 500 anos e nasceu da exploraçao ( da Espanha inclusive) tem infinitos problemas políticos, sociais, que nao me surpreendem. Enfim, nao preciso falar disso porque vc sabe. Só nao gosto da postura de muita gente que sai pro exterior e cospe no prato que comeu, achando que tudo o que é do Brasil é pior. Colocam uma venda nos olhos. Aqui tem corrupçao, tem violência, só nao tem a fome que existe no Brasil, mas isso nao torna o Brasil pior, o povo pior. Como já disse, o país é uma criança e ainda vai melhorar muito. Somos 180 milhoes e aqui cerca de 40 milhoes, e isso faz muita diferença.
    Agora me diz, qual a diferença de estar num ônibus no Rio de janeiro ( que talvez nem tenha sido proposital) e esse ser incendiado e um trem ser detonado em 10 explosoes simultaneas? Na minha opiniao, o segundo é muito pior.
    E sobre o que vc disse de que avisaram que iam atacar, eu acabei de ouvir justamente o contrário.

    É o que eu acho,
    abraços.

  2. Oi Fernanda,

    Desculpe se a ofendi. Não foi a minha intenção. Não quiz banalizar o mal. É que eu sou do Rio e ainda estava sensibilizada com o que aconteceu por lá esses dias. Me preocupo com o meu irmão mais velho que mora lá e quer ir passar o ano novo com a família por lá. Penso no meu irmão caçula que está de mudança marcada para a zona norte do Rio em alguns dias. Penso nas milhares de pessoas que já morreram e nas que morrem TODOS OS DIAS por causa da violência lá. E por isso, respondo quando alguém insinua que o Brasil não tem um problema de segurança. Eu acho que essa é a pior venda nos olhos. Viver no exterior tirou essa venda que eu tinha. No Canadá, aprendi pela primeira vez o que era viver sem medo nenhum. Aprendi o que é poder pegar metro `as duas da manhã, sozinha, na maior cidade do Canada, sem me preocupar. Aprendi o que é ter amig@s que nunca foram assaltados ou conhecem alguem que foram assaltados. E é isso que eu gostaria de ver no meu país… Quando digo que me sinto insegura no Brasil, falo do coração. Me sinto realmente insegura quando estou no Rio ou em Sao Paulo. Não estou cuspindo no prato que comi. O que acontece é que o ser humano é muito adaptável e quando vivemos rodeados de violência, nos acostumamos com ela. Eu me desacostumei quando mudei pro Canada e por isso passei a ser mais crítica dos nossos problemas politicos, sociais, de segurança…

    Mais uma vez, me desculpe se a ofendi…

    Alexandra
    PS: O 11M não foi cometido pelos terroristas islamicos? Falando nisso, eu não estava aqui. Mas estava no Canada quando aconteceu o 11S e meu marido trabalha para uma companhia aerea e estava reunido aquele dia com pessoas da United Airlines. Tambem tinha amigos em NY.

  3. Outra coisa – foi o El Pais que disse que o ETA tinha avisado antes. Acreditei por causa do numero baixo de feridos. Sendo véspera de ano novo, se não tivessem avisado teria havido muito mais feridos…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s