Brazilian Coffee

When Canadians ask me about Brazil, almost the first thing they ask – after the weather, of course – is about the coffee. “It bet you get really nice coffee there!”, they’d say. When I first arrived in Canada, in the days when the only coffee we had at home was sent by my mother through the mail, I’d probably have said “oh yes, our coffee is great!”. But I have since learned otherwise.

Brazil is the world’s largest coffee producer and many experts across the world vouch for the quality of its beans. And while Brazilians are avid coffee drinkers, that does not mean they have access to good coffee. Most of the best beans are reserved for export and what remains on the shelves of the supermarkets is often mixed with other stuff. Most roasters tend to burn the beans, effectively making the coffee too bitter and leading most people to over-sweeten their coffee.

Unlike in Italy, Spain or Portugal, most of our coffee is percolated rather than pulled from an espresso machine. Until a few years ago, it was served already sweetened with loads of sugar.

It was only after moving to Canada, and later traveling to France, Spain and Portugal that I have learned what really good coffee is supposed to taste like. I now know that a good espresso can be drank pure, without sugar, and it won’t taste bitter (unthinkable to any Brazilian). And that a real cappuccino has no chocolate in it. But my mother still gets bewildered whenever I call home and refuse her offers to send me ground coffee from Brazil. I’m happier buying my Brazilian coffee at Casa Açoriana, at Kensington Market.

Advertisements

Author: guerson

Born and raised in Brazil, a Canadian stole my heart and took me to Canada in 1999. After seven years between Montreal and Toronto, we then moved to Barcelona, Spain, where I did research for my PhD thesis. This blog began as a chronicle of our adventures while living in Barcelona and exploring the old world and has acquired a life of its own after we moved back to Canada.

8 thoughts on “Brazilian Coffee”

  1. Oi, Alexandra! Concordo com voce, a gente passa a conhecer melhor e achar mais gostoso o cafe brasileiro quando esta fora do Brasil, por causa da selecao dos graos para exportacao. Meu marido adora fazer seus espressos em casa. Aqui em Toronto compramos sempre cafe no Dark City Coffee. La voce encontra cafes do mundo todo, escolhe o grau de torrefacao que voce quer e o melhor, eles torram os graos a partir do seu pedido. Ou seja, o cafe chega a voce horas depois de ter sido torrado. So pelo cheirinho quando ele chega a sua casa voce ja sente a diferenca. Recomendo. http://www.darkcitycoffee.com. Beijos.

  2. Oi Simone,

    Obrigada pela dica. Se eu não estivesse tão satisfeita com o café da Casa Açoreana (aka Louie’s), eu encomendaria sim. O cheiro de um café de boa qualidade é realmente muuuito bom.

    Nós oogitamos comprar uma maquina de fazer espresso um tempo atrás. Fiz altas pesquisas e decidi por uma maquina da Saeco que custa por volta de $400. Acabamos não comprando por vários motivos – não temos muito espaço na cozinha, não tomamos café todos os dias, e o nosso bodum faz um cafezinho excelente. Mas um dia ainda embarcaremos nessa…

    um abraço!

  3. Que bom que perguntam sobre café pra vc porque eu não aguento mais ouvir perguntas sobre Pelé, samba, carnaval e futebol! Quando digo que não gosto de nada disso eles no acreditam.Como que eu posso ser brasileira e não gostar de samba ou de carnaval? Pois é…
    Outra coisa é sobre a temperatura.quando digo que o verõ daqui é muito quente eles se austam e dizem: Mas o Brasil tb ;e um país quente, faz mais calor que aqui.
    Bom, já se vê que eles não sabem nada sobre o Brasil; só devem ouvir falar do Rio e quem sbe da Bahia. Aí eu tenho que contar toda a história, que SP não é Rio e que o desfil carioca tb não acontece lá e que quando faz muito calor chega a 30°C. Depois disso vem a outra pergunta: Nossa, mas vc nunca viu neve? Não neva no Brasil?
    E sorrindo eu digo: Em SP não.
    Bjs
    :)

  4. Oi Jeanne,

    sorte que eu gosto de futebol (aliás, aprendi a gostar mais depois que saí do Brasil) então não me incomoda se me perguntam sobre isso…

    quanto ao calor, acho que qualquer lugar do Brasil, no verão, faz mais calor que aqui. O problema é que aqui vc sente mais calor pois as casas não são preparadas para o calor. No Brasil é tudo mais fresco, as casas são construidas de materiais menos isolantes, etc. Sem ar condicionado aqui a coisa fica bem difícil mesmo… e é isso que eu explico quando digo que meus pais ficaram traumatizados com o calor daqui ;) Mas não se preocupe, depois de uns invernos aqui vc aprende a curtir o verão tanto quanto qualquer canadense.

    bjos

  5. Olá, tudo bem?!

    Encontrei seu blog na comunidade “Maura, me ajuda”, via orkut. Gostei bastante de todo seu conteúdo, super informativo, útil de verdade. Ah, antes de mais nada, isso aqui não é um spam, ok?! ;)

    Mantenho também um blog sobre o Canadá, com informações sobre suas cidades/províncias, cotidiano canadense, custo de vida, dicas diversas, dinheiro, diversões, estudos e intercâmbio, onde hospedar-se, informações úteis em geral, trabalho, vistos em geral, e tudo mais que tem relação com o país da folha de bordo vermelho. Costumo dizer que a pretensão é ele se tornar um verdadeiro GUIA para quem pretende estudar e/ou morar no país. :)

    O endereço dele é http://canada.tiagosouza.com

    Gostaria de propor a você uma parceria, uma troca de links entre nossos blogs.
    Se possível, envie o link de seu site, que prontamente vou adicionar como um parceiro de meu site, e vice-versa.
    A idéia é estar divulgando nosso blog, visando democratizar informações úteis a todas as pessoas que dela necessitam.

    Bom, ficarei aguardando um retorno.

    Atenciosamente,

    Tiago Souza

  6. Olá Alexandra,

    Meu nome é Lia, sou arquiteta e estou procurando uma cidade do Canadá que ofereça mestrado e doutorado em arquitetura, falei com o Daniel do blog cravo e canela e ele me indicou vc para me dar algumas dicas. O que eu encontrei até agora foi ph.D em Manitoba mas gostaria de saber se em Toronto também tem…Se você puder me ajudar com alguma informação eu agradeço pois estou com dificuldades de pesquisa. Se tiver alguma informação sobre o ano letivo tb seria bom.

    Desde já o meu muito obrigada.

    Lia.

  7. Ola’!

    So’ parei aqui pra comentar que eu sou mais uma brasileira que nao gosta decafe, moro no Canada mas ainda nao me atrevi a provar o cafe daqui – o seu post me deixou curiosa!

    Ah sim, vim parar no seu blog porque eu adoro olhar os blogs de brasileiros que moram fora, ver se eles passam pelo mesmo que eu passo coisa e tal… aqui em Sudbury nao tem brasileiros pra poder trocar figurinha comigo :)

  8. Oi Silvia!

    Bem-vinda ao blog!

    Bom, não é qualquer café que é bom aqui no Canada… Aliás, fora de Quebec, é bem difícil encontrar um café realmente bom pois o resto do Canada é meio que dominado pelos “chains” – Tim Hortons, Second Cup, Starbucks, etc. O Second Cup até quebra o galho mas não é um lugar onde eu iria pra tomar um espresso… Tem que ir atrás dos cafés independentes, principalmente europeus (italianos e portugueses).

    Apareça sempre!

    Alexandra

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s